Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Sergio Moro se reúne com procurador antimáfia da Itália

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Sergio Moro se reúne com procurador antimáfia da Itália

“É uma obrigação moral eliminar e destruir uma organização criminosa e ter o Brasil como um aliado para isso”, disse o procurador italiano.

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, teve uma reunião, na tarde desta segunda-feira (8), com o procurador nacional antimáfia e antiterrorismo da Itália, Federico Cafiero de Raho.

O encontro ocorreu pouco após a prisão pela Polícia Federal (PF) de dois cidadãos italianos, Nicola Assisi e seu filho, Patrick, acusados de ligação com a máfia Ndrangheta, que controla boa parte do transporte de cocaína entre a América do Sul e a Europa.

Em mensagem publicada no Twitter, Moro descreveu:

“Recebi hoje [8] no MJPS o procurador nacional antimáfia da Itália, Federico Cafiero. Um dia para comemorar a cooperação entre a Polícia Federal e a Polícia italiana e que levou à prisão no Brasil de Nicola Assisi, o fantasma da Calábria, grande traficante de drogas da ‘ndrangheta.”

Segundo nota do Ministério da Justiça, Cafiero agradeceu pela colaboração com as autoridades brasileira:

“É uma obrigação moral eliminar e destruir uma organização criminosa e ter o Brasil como um aliado para isso.”

Tanto Moro quanto Cafiero participaram nesta terça-feira (9) do segundo encontro de Coordenação Transnacional no Combate a Organizações Criminosas em Sistemas Penitenciários (El Paccto), iniciativa que reúne países europeus e latino-americanos, informa a agência ANSA.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Comentários

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias