- PUBLICIDADE -

Servidores do Dataprev suspendem greve após ação do TST

Bolsonaro acelera privatização do Dataprev
- PUBLICIDADE -

Após quase um mês de greve, a Dataprev voltou ao funcionamento normal mediante intervenção do TST.

Os servidores do Dataprev suspenderam o movimento grevista iniciado em 8 de janeiro.

Em janeiro, o presidente da República, Jair Bolsonaro, decretou a inclusão do Dataprev, empresa de tecnologia e processamento de dados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), no programa de privatizações do governo federal.

À época, os funcionários ficaram insatisfeitos com o encerramento de atividades da estatal e demissão em 20 filiais, o que ocasionou a greve.

Após audiência de mediação, nesta terça-feira (4), no Tribunal Superior do Trabalho (TST), conduzida pela ministra Kátia Arruda, foi firmado acordo entre a Dataprev e as entidades representativas dos trabalhadores.

Com isso, a greve, que atingia todo o país, está oficialmente suspensa.

Em assembleia realizada nesta quarta-feira (5), a categoria definirá os próximos rumos da paralisação, informa o site Metrópoles.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -