- PUBLICIDADE -

Setor privado dos EUA perde mais de 20 milhões de empregos em abril

EUA superam expectativas ao criar 224 mil empregos em junho
- PUBLICIDADE -

A paralisação nacional para tentar retardar a propagação do Covid-19 pode deixar cicatrizes duradouras na economia dos EUA.

O fechamento obrigatório dos negócios em meio às medidas de isolamento adotadas para tentar conter a proliferação do coronavírus devastou a economia dos Estados Unidos.

A situação é tão crítica que o mercado de trabalho norte-americano está registrando perdas históricas de empregos.

Os empregadores do setor privado dos EUA, por exemplo, demitiram um recorde de 20,236 milhões de trabalhadores no mês de abril, de acordo com Relatório Nacional de Emprego da ADP divulgado nesta quarta-feira (6).

Esta queda nos empregos do setor privado sugere que, mesmo com parte do país reabrindo para negócios não essenciais, a situação econômica como um todo ainda deve sofrer com as cicatrizes por algum tempo.

Em uma série de tuítes, nesta quarta-feira (6), o presidente Donald Trump destacou que a força-tarefa do coronavírus deve passar a focar no afrouxamento das restrições impostas ao comércio e à vida social, como noticiou a RENOVA.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -