Shopee tem que explicar se vende produtos piratas

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Procon-SP notifica Shopee para explicar se vende produtos piratas.

O Procon-SP notificou, nesta segunda-feira (13), a empresa Shopee, da China, para que explique a autenticidade e origem dos produtos vendidos.

A informação foi divulgada pela coluna do Broadcast, do jornal Estadão.

O motivo da notificação seriam os preços muito abaixo do mercado, que causaram a desconfiança de que sejam contrabandeados ou pirateados.

A empresa deverá comprovar a obtenção, validade e regularidade da aquisição dos itens e demonstrar o processo utilizado para garantir a qualidade e segurança dos produtos entregues, como condições de uso, inviolabilidade de embalagens, prazos de validade compatíveis etc“, diz o Procon em nota.

A plataforma deverá explicar sobre eventuais produtos contrabandeados ou falsificados que foram vendidos aos consumidores. A partir dessa notificação eles ficam cientes de que é possível que eles sejam responsabilizados como participantes da venda desse tipo de produto“, diz o diretor do Procon-SP, Fernando Capez.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.