Português   English   Español
Português   English   Español

Simone Tebet vai presidir a CCJ do Senado

Simone Tebet vai presidir a CCJ do Senado
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Tebet chegou a lançar candidatura avulsa à presidência do Senado, mas acabou retirando o nome da disputa com o objetivo de fortalecer Alcolumbre e prejudicar seu correligionário Calheiros.

Com a definição das legendas nas comissões do Senado, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) será ocupada pela senadora Simone Tebet (MDB-MS).

Antes do acordo para a divisão das comissões, o PSDB chegou a cogitar disputar no voto o controle da CCJ, mas abriu mão quando viu que o partido se inclinava para o nome de Tebet.

Segundo o jornalista Gerson Camarotti, até o Palácio do Planalto recebeu bem a sinalização do nome da senadora.

O governo federal temia um nome que pudesse causar dificuldade na análise de matérias de interesse do governo na principal comissão do Senado, responsável pelo parecer constitucional dos projetos.

Mesmo derrotado na disputa pelo comando do Senado, o MDB garantiu três comissões na Casa. Além da CCJ, também ficará nas mãos de emedebistas a Comissão Mista de Orçamento e a Comissão de Educação.

O acordo foi costurado com o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), e os demais líderes de bancadas, mas só foi possível com o compromisso de que o partido tivesse “bom senso” nas indicações, informa a revista ISTOÉ.

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
Share on reddit
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...

Curta a RENOVA!