- PUBLICIDADE -

Sindicalistas promovem baderna contra reforma da previdência em SP

Sindicalistas promovem baderna contra reforma da previdência em SP

- PUBLICIDADE -

Sindicalistas estão protestando contra a Reforma da Previdência que está sendo votada na Câmara Municipal de São Paulo nesta quarta-feira (26).

Houve confronto com a polícia de São Paulo, grades no entorno do edifício foram quebradas e bombas de gás lacrimogêneo foram disparadas. A Guarda Civil usou cassetetes e escudos para proteção, informa o “G1“.

Efetivos da Polícia Militar e da Guarda Civil Municipal acompanham a manifestação. Segundo o jornal “Estadão”, o sindicato está com um carro de som em frente à Câmara e estima que cerca de 10 a 12 mil servidores estejam no protesto.

Com o início da sessão os baderneiros começaram a proferir palavras de ordem e até agredir manifestantes a favor da reforma que tentavam chegar ao prédio para acompanhar o desenrolar da sessão das galerias da Casa.

O blog do Movimento Brasil Livre (MBL) publicou imagens exclusivas dos sindicalistas incitando atos de vandalismo contra o patrimônio público da cidade de São Paulo:

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -