Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Sindicato dos Metroviários suspende greve em São Paulo

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Sindicato dos Metroviários anuncia greve em São Paulo
SÃO PAULO, SP, 15.03.2017: TEMER-PROTESTOS - Movimentação de passageiros na estação Barra Funda/Palmeiras, que estava fechada durante a paralisação parcial de ônibus e Metrô - Protestos de diversas entidades e sindicatos como parte do Dia Nacional de Paralisações e Greves contra as reformas Previdenciária e Trabalhista, em São Paulo (SP) nesta quarta-feira (15). (Foto: Paulo Iannone/FramePhoto/Folhapress)

Foram 2.436 sindicalistas votantes, dos quais 73% optaram pela greve.

Após votação na noite desta segunda-feira (27), o Sindicato dos Metroviários de São Paulo decidiu suspender a greve anunciada para hoje.

Uma nova avaliação da greve deve acontecer nesta manhã, já que muitos trabalhadores não participaram da assembleia da madrugada.

Durante transmissão virtual nas redes sociais, integrantes do sindicato afirmaram que a decisão veio após conversas com Alexandre Baldy, Secretário de Transportes Metropolitanos..

A paralisação chegou a começar à meia-noite e tinha duração estimada de 24 horas. As seguintes linhas seriam afetadas: 1-Azul, 2-Verde, 3-Vermelha e 15-Prata, de acordo com o jornal Estadão.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email