PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Sindicatos de caminhoneiros criticam Bolsonaro e estudam greve

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

“Os caminhoneiros estão em situação pior que 2018”, diz Landim.

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Associações e sindicatos ligados aos caminhoneiros voltaram a alertar para a possibilidade de uma greve no Brasil em um futuro próximo.

Relatos de lideranças do setor foram publicados pela coluna de Chico Alves, no portal UOL, nesta quarta-feira (16).

O diretor da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transportes e Logística (CNTTL), Carlos Alberto Litti, declarou:

“Se os caminhoneiros avaliarem que a situação não é ideal é preciso que todos se unam e só tem um caminho, que é a greve. Queria perguntar o que o presidente Bolsonaro fez pela categoria.”

O dirigente destacou que o preço do litro do diesel está na média em R$ 4,20:

“Só os fanáticos não enxergam que a situação está dramática.”

Já o presidente da Associação Brasileira de Condutores de Veículos Automotores (Abrava), Wallace Landim, afirmou:

“As promessas feitas pelo governo Bolsonaro não foram cumpridas e os caminhoneiros estão em situação pior que 2018.”

De acordo com o presidente do Sindicato dos Transportadores Autônomos de Três Cachoeiras (RS), Jair Marques, a categoria está trabalhando em condições precárias:

“Estamos voltando a nos mobilizar para buscar formas de fazer valer nossas reivindicações.”

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.