Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Síria diz que EUA ajudou Israel em ataque contra base aérea

COMPARTILHE

O exército da Síria afirmou nesta segunda-feira (09) que o ataque de Israel contra a base aérea T4, na província de Homs, não seria possível sem o apoio dos Estados Unidos.

A agência oficial de notícias “Sana” divulgou duas cartas do Ministério de Relações Exteriores da Síria enviadas à Secretaria Geral e ao Conselho de Segurança da ONU. Nos textos, o governo sírio afirma que “os ataques não ocorreriam sem o sinal verde dos EUA”.

Anteriormente, uma fonte militar, citada pela emissora oficial do regime da Síria, acusou Israel de ser responsável por um bombardeio contra a base aérea T4, na província de Homs.

Segundo ativistas, 14 soldados leais ao presidente do país, Bashar al Assad, morreram

A Chancelaria síria afirmou que Israel pode continuar com o “enfoque de agressões perigosas” e com seu “terrorismo de Estado”, graças ao EUA, que dá “imunidade” ao governo israelense.

A Casa Branca negou qualquer envolvimento com o ataque lançado na madrugada desta segunda-feira (09). No entanto, horas atrás, o presidente Donald Trump alertou que vai tomar uma decisão sobre a resposta dos EUA ao mais recente ataque químico na cidade de Duma, nos arredores da capital síria Damasco.

Com informações de: [BOL]

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE