Sites de análise de criptomoedas são censurados na China

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Regime chinês intensifica campanha de repressão contra as moedas digitais.

O regime comunista da China bloqueou o acesso a sites de análise de criptomoedas por meio de seu firewall de internet. 

Esta é a mais recente etapa da repressão chinesa ao mercado de criptomoedas.

Pequim bloqueou o acesso aos principais sites relacionados a criptomoedas, incluindo CoinGecko, CoinMarketCap e TradingView

Ferramentas que verificam o firewall de internet da China mostraram que esses sites estão 100% bloqueados”, destaca o portal Be in Crypto.

O bloqueio ocorre após a proibição total da China de transações de criptomoedas.

Como noticiou a RenovaMídia na última semana, o banco central do país emitiu um comunicado proibindo a transação de criptomoedas.

As autoridades chinesas afirmam que o comércio de ativos digitais estava tumultuando a ordem econômica e financeira.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.