- PUBLICIDADE -

‘Só Deus me tira da cadeira’, diz Bolsonaro

Jair Bolsonaro quer punição dura para hackers
- PUBLICIDADE -

“O que estamos vendo acontecer no Brasil não vai se concretizar”, diz Bolsonaro.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou que apenas Deus pode tirá-lo da cadeira presidencial. 

Bolsonaro reclamou de um prazo de 5 dias que a ministra do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, deu ao presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), para que ele explique porque não analisou os pedidos de impeachment protocolados na Casa.

Em live no Facebook, nesta quinta-feira (15), Bolsonaro declarou:

“Eu não quero me antecipar e falar o que acho sobre isso aí, mas digo uma coisa: só Deus me tira da cadeira presidencial e me tira, obviamente, tirando a minha vida. Fora isso, o que estamos vendo acontecer no Brasil não vai se concretizar. Mas não vai mesmo. Não vai mesmo.”

O chefe do Executivo disse ainda que vai se encontrar com Lira “para discutir brevemente esse assunto”:

“Vamos ver qual encaminhamento o Lira vai dar no tocante a isso. Se vão abrir processo ou não.”

Antes de finalizar a transmissão ao vivo, Bolsonaro disse que dormiria “tranquilíssimo” com a notícia:

“Boa noite, fique tranquilo porque vou dormir tranquilíssimo essa noite e vamos ver o desenrolar dessa notícia do nosso Supremo Tribunal Federal.”

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -