Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

‘Só liberaram uma vacina depois da eleição’, diz Trump

‘Só liberaram uma vacina depois da eleição’, diz Trump
COMPARTILHE

“Em outras palavras, só liberaram uma vacina depois da eleição”, diz o presidente.

O presidente dos Estados UnidosDonald Trump, afirmou que a farmacêutica Pfizer atrasou os resultados dos testes de sua vacina contra o coronavírus de forma proposital. 

De acordo com Trump, os resultados dos testes só foram divulgados após o dia 3 de novembro para prejudica-lo na eleição presidencial:  

“Fui colocado aqui para fazer um trabalho, e a Pfizer e outros estavam indo em frente com as vacinas. Vocês não teriam uma vacina em quatro anos se não fosse por mim, porque a FDA nunca teria sido capaz de fazer o que fez se eu não tivesse forçado.” 

FDA é a sigla em inglês para a Food and Drug Administration, órgão equivalente à Anvisa. 

Trump continuou:  

“A Pfizer e outras, inclusive, decidiram não avaliar os resultados da vacina. Em outras palavras, só liberaram uma vacina depois da eleição.” 

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
1 Comentário
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
Maria
Maria
3 dias atrás

Aliás, liberaram a pandemia também depois das eleições. Não se falava mais em pandemia. Bastou passarem as eleições cá e lá e veio a “segunda onda”. O vírus é sui generis: não gosta de casas, só ataca nas ruas. Não gosta de ônibus lotados (acho que não gosta de pobres). Também não deve gostar de política, porque sumiu no período eleitoral. É caso para psicanalistas e não virologistas.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE