Sobe para 264 o número de mortos em repressão na Nicarágua

Twitter
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

A Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) elevou a 264 o número de mortes registradas na repressão do governo de Daniel Ortega contra manifestantes pedindo sua renúncia na Nicarágua.

As manifestações tiveram início no dia 18 de abril.

Conforme o registro da Comissão, desde o início da repressão do governo aos protestos, 264 pessoas perderam a vida e mais de 1.800 ficaram feridas.

As informações foram fornecidas pelo secretário Executivo da CIDH, Paulo Abrao, ao informar o conselho permanente da OEA sobre a situação na Nicarágua.

A situação está cada vez mais complicada para a população nicaraguense. Nos últimos dias, forças paramilitares chegaram a disparar até foguetes contra manifestantes, conforme reportado por Renova Mídia.

Com informações de Isto É

Twitter
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

Isso também pode te interessar

Deixe seu comentário

Anunciante
e-consulters
Parceiro

Assine nossa Newsletter!

Preencha o formulário para assinar.

Nome Email
newsletter

Últimas publicações