Sobrinha de Le Pen abre escola para formar políticos direitistas

A nova escola de administração, batizada Instituto de Ciências Sociais Econômicas e Políticas (Issep), em Lyon, é um estabelecimento privado, de nível superior, que será dirigido pela neta do líder histórico da direita francesa, Jean Marie Le Pen.

Marion Maréchal, afastada da vida pública há dois anos, sobrinha de Marine e neta de Jean Marie, decidiu criar uma escola para formar políticos conservadores do futuro. Um local onde os franceses de direita poderão se expressar livremente, expandir sua bagagem intelectual, discutir estratégias e políticas de governo e, principalmente, articular um discurso ideológico estruturado e coerente, capaz de atrair um número maior de simpatizantes.

O jornal Le Figaro não tem dúvida que a escola será uma alavanca para o retorno da jovem ex-deputada ao cenário político, embora Marion não assuma objetivos para as próximas eleições francesas, em 2022.

A nova escola de administração Issep não é a única no gênero no país.

Desde 2004, Paris conta com o Instituto de Formação Política (IFP), destinado ao fortalecimento intelectual de simpatizantes de todas as sensibilidades da direita: liberal, conservadora, monarquista e identitária.

Em 1990, o monarquista Philippe de Villiers criou o Instituto Católico de Vendée (Ices), também voltado às ciências humanas e sociais.

 

Com informações de RFI
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia