Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch
Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch

Sócio do coronel Lima tem R$ 25 milhões bloqueados pelo BC

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Sócio do coronel Lima tem R$ 25 milhões bloqueados pelo BC

O Banco Central bloqueou quase R$ 25 milhões do empresário Carlos Alberto Costa, sócio do coronel João Baptista Lima Filho, o coronel Lima.

Os dois são alvo da Operação Descontaminação, desdobramento da Lava Jato que investiga também o ex-presidente Michel Temer (MDB) por propina milionária sobre as obras da usina nuclear de Angra 3, no Rio de Janeiro.

O juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal, havia ordenado um confisco de R$ 24.926.150,00 de Carlos Alberto Costa e de R$ 21.718.150,30 do empresário Carlos Alberto da Costa Filho, o ‘Guga’, diretor de Planejamento da Argeplan.

Na conta do filho do sócio do coronel Lima, o BC achou e bloqueou R$ 615.467,03 que estavam divididos em três contas, informa o jornalista Fausto Macedo.

Carlos Alberto Costa e o coronel Lima são sócios na empresa Argeplan Arquitetura e Engenharia.

Segundo o Ministério Público Federal, “desde a década de 80, Carlos Alberto age em parceria do coronel Lima, prestando-se como ‘laranja’ na composição da sociedade Argeplan para Michel Temer”.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email