- PUBLICIDADE -

Soldado é o 3º militar morto desde a intervenção no Rio de Janeiro

- PUBLICIDADE -

O soldado Marcus Vinicius Viana morreu nesta quarta-feira (22) no Hospital Central do Exército, em Benfica, Zona Norte do Rio. Ele foi ferido na perna durante uma operação militar nos complexos do Alemão, Maré e Penha.

Segundo nota do Comando Militar do Leste (CML), o militar “veio a falecer em decorrência de evolução indesejável de seu quadro clínico” após ser baleado em operação na segunda-feira (20).

Marcus Vinícius é o terceiro militar morto desde o início da intervenção militar no Rio, em fevereiro.

Também no confronto de segunda-feira, morreram o cabo Fabiano de Oliveira Santos e do soldado João Viktor da Silva.

Ambos foram enterrados ontem no Cemitério de Mucajá, em Engenheiro Pedreira, na Baixada Fluminense. O candidato do PSL, Jair Bolsonaro, compareceu a um dos enterros nesta terça-feira (21).

A megaoperação militar envolveu 4,2 mil agentes das Forças Armadas e 70 policiais civis em 26 comunidades. Blindados e helicópteros foram empregados nas ações.

Além dos militares, cinco bandidos morreram e outros 70 foram presos. Uma equipe Defensoria Pública do Rio vai acompanhar hoje as audiências de custódia dos 70 presos.

 

Adaptado da fonte EBC
PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -