Português   English   Español

Somália expulsa enviado da ONU do país

Somália expulsa enviado da ONU do país

A organização das Nações Unidas segue perdendo prestígio mundo afora.

O governo da Somália ordenou ao enviado da ONU para esse país que abandone o território, acusando-o de “ingerência deliberada” nos assuntos internos da nação africana.

Há alguns dias, Nicholas Haysom, o enviado da ONU, havia manifestado sua preocupação com relação às ações dos serviços de segurança somalis que causaram a morte de várias pessoas recentemente.

Em um comunicado, segundo informações da “AFP“, o Ministério das Relações Exteriores declarou:

O representante especial do secretário-geral da ONU para a Somália, Nicholas Haysom, não é bem-vindo na Somália e não pode mais trabalhar no país.

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Assine nossa newsletter...

Inscreva seu e-mail para receber atualizações diárias com as últimas notícias do Brasil e do mundo.

Fique tranquilo(a), assim como você, odiamos spam :) Você poderá remover seu e-mail a qualquer momento.

Deixe seu comentário...

Veja também...