Soros critica Brexit e diz que divórcio com UE durará “uma eternidade”

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

O magnata húngaro-americano George Soros, crítico ferrenho do Brexit, afirmou nesta terça-feira (29) que o divórcio entre Reino Unido e União Europeia deve durar cinco anos, “uma eternidade em política”.

Na reunião anual em Paris do Conselho Europeu de Relações Internacionais, um dos vários grupo que o globalista financia, Soros declarou:

O Brexit é um processo muito danoso, que prejudica as duas partes. O divórcio será longo, tomará provavelmente cinco anos, uma eternidade na política

Após o referendo de junho de 2016, o Reino Unido deverá deixar a União Europeia em março de 2019, mas permanecendo na união alfandegária durante um período de transição, que irá até 2020.

“Ao final, o povo britânico que deverá decidir o que quer, mas seria melhor se decidisse o mais rápido possível”, acrescentou o magnata húngaro, que também financia a organização britânica pró-europeia Best for Britain.

 

Com informações de: [ZH]

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.