- PUBLICIDADE -

George Soros financiando mulheres pedindo investigação de Trump por supostos abusos sexuais

- PUBLICIDADE -

As mulheres voltaram aos holofotes com as alegações contra o Presidente após o movimento #MeToo ganhar o prêmio de “Personalidade do Ano” da revista TIME, a mesma premiação que Trump recusou.

Brave New Films, o grupo que está por trás desta nova tentativa de colocar Trump pra fora da Casa Branca, é uma “organização sem fins lucrativos” que afirma ser “apartidária” – uma reivindicação que se torna risível após uma rápida revisão dos seus doadores e parceiros, que incluem famosos grupos financiadores de movimentos de esquerda como Media Matters For America e Democracy For America.

A Brave New Films afirma que eles não se envolvem em campanhas de ataques contra políticos, uma declaração que não faz sentido algum. É só dar uma olhada em alguns conteúdos publicados recentemente pela ONG:

  • Levante-se, Senado! O presidente eleito é um hipócrita.
  • Proteja a Educação Pública – Pare Betsy DeVos!
  • Indivisível: um guia prático para resistir à agenda do Trump

Uma das principais doadoras da Brave New Films é a Open Society – uma fundação criada e administrada pelo globalista George Soros.

Na sequência da vitória histórica de Donald Trump, Soros transferiu 18 bilhões de dólares para sua fundação e pediu ação imediata contra as políticas do Presidente dos EUA.

Com informações de: (1)
PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -