- PUBLICIDADE -

STF abre chances de prescrição de processos contra Lula, diz Dallagnol

Julgamento de processo administrativo contra Dallagnol é adiado

“O sistema de justiça precisa de aperfeiçoamentos”, diz Dallagnol.

- PUBLICIDADE -

Deltan Dallagnol, ex-coordenador da força-tarefa da operação “Lava Jato”, em Curitiba, criticou a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) desta segunda-feira (8) de anular as condenações do ex-presidente Lula da Silva (PT). 

Em mensagem nas redes sociais, Dallagnol afirmou:

“Esse é mais um dos casos derrubados recentemente num sistema de justiça que rediscute e redecide a mesma questão dezenas de vezes nas cortes e que favorece a anulação dos processos criminais.”

O procurador lembrou que “a tramitação desses casos em Curitiba foi decidida várias vezes pelos tribunais, inclusive pelo próprio Supremo”:

“Ou seja, a condução desses casos em Curitiba pela operação Lava Jato seguiu as regras do jogo então existentes. O que mudou para que viesse essa decisão contrária às anteriores? Houve uma mudança das regras do jogo no STF, que expandiu gradativamente seu entendimento de que os casos de Curitiba deveriam ser redistribuídos pelo país, conforme explicitado na decisão do Ministro Fachin.”

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -