STF abre o sétimo inquérito contra o senador Collor

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou abertura de novo inquérito para investigar o senador Collor.

O ministro do STF, Ricardo Lewandowski, determinou nesta segunda-feira (18) a abertura de inquérito para investigar o senador Fernando Collor de Mello (PROS-AL).

O objetivo da investigação é apurar se Collor desviou a finalidade da verba da cota parlamentar para pagar despesas de sua residência particular, a Casa da Dinda, em Brasília.

O senador é réu em ação penal e responde a outros cinco inquéritos da Operação Lava Jato e seus desdobramentos. Com isso, Collor passa a ser alvo do sétimo procedimento no Supremo.

De acordo com uma reportagem veiculada no fim de 2017 pelo jornal O Tempo, Collor utilizou parte da cota parlamentar, dinheiro público, para despesas de jardinagem e limpeza de sua casa.

Lewandowski estabeleceu prazo de 60 dias para a Polícia Federal ouvir depoimentos e coletar as informações, informa o G1.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.