Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

STF adia decisão que pode anular condenações na Lava Jato

STF adia decisão que pode anular condenações na Lava Jato
COMPARTILHE

A discussão para decidir se o STF adotaria uma tese e qual seria causou divergência no plenário.

O Supremo Tribunal Federal (STF) determinou, nesta quarta-feira (2), que os réus delatados devem se pronunciar depois dos réus colaboradores. 

Os membros da Corte, entretanto, resolveram adiar a definição dos critérios que devem limitar o alcance da decisão, que pode afetar os condenados pela operação Lava Jato.

O debate deveria ser retomado nesta quinta-feira (3), mas foi adiado para uma data ainda não determinada, informou o STF, segundo a revista ISTOÉ.

Após divergência no plenário, o presidente do STF, Dias Toffoli, decidiu então submeter a decisão a votação. 

Por oito votos a três, prevaleceu a ideia de se adotar um entendimento que pudesse valer para casos semelhantes. Mas Toffoli preferiu encerrar a sessão antes de defini-la, informa o site Congresso em Foco.

Há uma preocupação da força-tarefa da Lava Jato de que todos os réus delatados pela operação que não puderam apresentar suas alegações finais após os réus colaboradores sejam beneficiados com o julgamento. 

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários