Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

STF coloca em risco planos de redução da dívida da Petrobras

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Venda de refinarias da Petrobras atrai empresas estrangeiras
COMPARTILHE

A dívida bruta da Petrobras em junho era de US$ 91,3 bilhões -- um valor 35% menor que em junho de 2014.

O Supremo Tribunal Federal (STF) retoma, nesta quarta-feira (30), o julgamento sobre a venda de oito refinarias da Petrobras.

A decisão do STF vai tocar em um ponto crucial dos planos da estatal petrolífera: a redução de suas altas dívidas. 

A venda das refinarias pode alcançar R$ 83 bilhões e encurtar o caminho para que a estatal tenha endividamento alinhado com o de outras petroleiras.

A negociação também pode ampliar a capacidade de investimentos da estatal, que vem sofrendo ao longo dos últimos anos com casos de corrupção. 

Ao mesmo tempo, a Petrobras ganha a capacidade para pagar dividendos mais generosos a seus acionistas — tanto a União quanto os minoritários, destaca o jornal Estadão.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram