STF começa a julgar ação penal contra Paulinho da Força

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Deputado é acusado de ter se beneficiado de desvios de empréstimos do BNDES. Paulinho da Força nega.

A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) iniciou o julgamento, nesta terça-feira (3), de uma ação penal contra o deputado Paulinho da Força (Solidariedade-SP).

O parlamentar é acusado de se beneficiar de um suposto esquema de desvios de recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

A ação penal só foi aberta no Supremo em setembro de 2015, quando foi recebida a denúncia contra o deputado sob acusação de crime contra o sistema financeiro, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha.

Após ouvir a acusação e a defesa ao longo dia, o STF rejeitou as alegações de que o processo teve nulidades. O colegiado então teve a sessão suspensa. O julgamento deve ser retomado na próxima terça-feira (10), destaca o jornal Folha.

O ministro Alexandre de Moraes é o relator da ação penal, que herdou o caso de Teori Zavascki, morto em 2017. 

Além dele, compõem a Primeira Turma os ministros Luís Roberto Barroso, Luiz Fux, Marco Aurélio e Rosa Weber.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.