Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

STF derruba trechos de MP que altera regras trabalhistas

Adolescentes infratores são soltos após decisão do STF
COMPARTILHE

Dois trechos foram cortados. Restante da medida permanece em atividade até avaliação do Congresso.

O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, nesta quarta-feira (29), por maioria, anular dois trechos da medida provisória (MP 927) que flexibiliza regras trabalhistas enquanto durar o estado de calamidade pública decorrente da pandemia do coronavírus.

As ADIs (ações diretas de inconstitucionalidade) contra a MP foram apresentadas por 7 autores, entre eles:

  • PDT | ADI 6342;
  • PC do B | ADI 6349;
  • CNTI (Confederação Nacional dos Trabalhadores na Indústria) | ADI 6354.

Por determinação do colegiado, segundo o site Poder360, fica suspensa a validade de dois dispositivos: 

  • Artigo 29, que não considera doença ocupacional os casos de contaminação de trabalhadores pela covid-19;
  • Artigo 31, que ​limitava a atuação de auditores fiscais do trabalho à atividade de orientação. 

O restante da medida provisória, entretanto, continua a valer até a avaliação do Congresso Nacional.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários