PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

STF envia para Justiça Eleitoral processo sobre Eduardo Azeredo

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Justiça Eleitoral analisará condenação do ex-governador de MG, Eduardo Azeredo.

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, nesta terça-feira (29), enviar para a Justiça Eleitoral o processo sobre a condenação do ex-governador de Minas Gerais, Eduardo Azeredo.

O caso ficou conhecido nacionalmente como “mensalão tucano“. 

De acordo com a decisão, o processo será remetido a um juiz eleitoral, que deverá analisar se os atos processuais que foram praticados pela Justiça de Minas serão mantidos.

Entre os atos que serão analisados está a condenação de Azeredo a 20 anos de prisão pelos crimes de peculato e lavagem de dinheiro, pena que acabou reduzida posteriormente para 15 anos e sete meses. 

Ex-governador de Minas Gerais e ex-presidente nacional do PSDB, Azeredo foi denunciado pelo envolvimento em um esquema de corrupção voltado para beneficiar sua campanha de reeleição ao governo mineiro em 1998

No recurso apresentado no STF, a defesa do ex-governador defendeu a incompetência absoluta da Justiça Estadual, que proferiu a sentença. Para os advogados, as acusações contra Azeredo deveriam ser enquadradas pelo Código Eleitoral, por tratar-se de supostos delitos para campanha, sendo objeto de análise pela Justiça Eleitoral. 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.