Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

STF forma maioria para validar inquérito das fake news

Tarciso Morais

Tarciso Morais

PDT pede para STF suspender privatização de seis estatais
COMPARTILHE

Ministros exaltaram o direito de “autodefesa” da corte contra o que chamaram de “bandidagem”.

O Supremo Tribunal Federal (STF) formou maioria¹, nesta quarta-feira (17), pela legalidade da portaria que instaurou o inquérito das fake news.

Sete ministros acompanharam o voto do ministro relator, Edson Fachin, que rejeitou ação movida pelo partido Rede Sustentabilidade que contestava a forma como o presidente do STF, Dias Toffoli, abriu a investigação e a repassou para o ministro Alexandre de Moraes.

Dessa forma, ainda faltam os votos de Marco Aurélio Mello, Celso de Mello e Dias Toffoli. O julgamento será retomado na sessão desta quinta-feira (18).

O julgamento começou na semana passada com o voto do Fachin. 

O ministro defendeu a continuidade da investigação, desde que acompanhada pelo Ministério Público e que advogados tenham acesso aos autos e observe a liberdade de expressão.

Ao longo dos discursos durante os votos, os ministros exaltaram o direito de “autodefesa” da corte contra o que chamaram de “bandidagem”.

Referências: [1]
- PUBLICIDADE -
Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM
Error: Embedded data could not be displayed.