Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

STF inicia julgamento do ‘Quadrilhão do MDB’

Pedidos de impeachment de ministros do STF parados no Senado
COMPARTILHE

O grupo teria supostamente recebido R$ 864 milhões em propina.

Os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) começam, nesta sexta-feira (12), o julgamento de uma denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR) contra integrantes do chamado “Quadrilhão do MDB” no Senado Federal.  

O grupo teria supostamente recebido R$ 864 milhões em propina a partir de desvios da Petrobras.  

Todos os envolvidos podem se tornar formalmente réus. Na mira da Justiça estão: 

  • Renan Calheiros 
  • Jader Barbalho 
  • Edison Lobão 
  • Romero Jucá 
  • Valdir Raupp 
  • José Sarney 
  • Sérgio Machado 

Os magistrados do STF vão decidir se a denúncia feita em 2017 pelo então procurador-geral da República, Rodrigo Janot, traz indícios do delito de organização criminosa suficientes para a abertura de uma ação penal e o aprofundamento das investigações.  

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
2 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
Almanakut Brasil
Almanakut Brasil
19 dias atrás

E ESSE ABAIXO É CRIA DO MDB, PORQUE NÃO COUBE TANTOS SAFADOS EM UMA SÓ FACÇÃO.

Executiva do PSDB prorroga mandato de Bruno Araújo na presidência do partido até 2022 – (G1/Globo – 10/02/2021)

Decisão freia movimentação do governador de São Paulo, João Doria, para assumir controle da sigla. Dirigentes usaram restrições da pandemia como justificativa para estender mandato.

https://g1.globo.com/politica/noticia/2021/02/12/executiva-do-psdb-prorroga-mandato-de-bruno-araujo-na-presidencia-do-partido-ate-2022.ghtml

Carmo
Carmo
19 dias atrás

Perda de tempo. Todos sabem que dará em nada.