Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

STF nega pedido de Von Richthofen para barrar biografia

STF nega pedido de Von Richthofen para barrar biografia
Imagem: Reprodução/Twitter
COMPARTILHE

“Exercício do direito fundamental à liberdade de expressão”, diz o ministro Fux na decisão.

O pedido liminar para suspensão do lançamento e da venda do livro “Suzane – Assassina e Manipuladora”, do jornalista Ulisses Campbell, foi rejeitado nesta quarta-feira (22).

Em sua decisão, Luiz Fux, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), destacou que o Brasil “é signatário de inúmeras convenções que protegem e regulam o exercício do direito fundamental à liberdade de expressão”.

No pedido apresentado ao Supremo, a defesa de Suzane argumentou que a publicação da obra literária “viola seu direito fundamental à intimidade”. 

Na sentença favorável ao jornalista, Fux destaca que “a possibilidade de difusão de opiniões e de pontos de vista sobre os mais variados temas de interesse público é condição sine qua non para a subsistência de um regime democrático”. 

A obra, que é fruto de três anos de pesquisa do autor sobre o caso, será lançado nesta quinta-feira (23), em São Paulo, informa o site Metrópoles.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE