- PUBLICIDADE -

STF retoma julgamento que pode implicar Arthur Lira

Foto: Cristiano Mariz/VEJA

Lira é alvo de uma denúncia envolvendo o chamado “quadrilhão do PP”.

- PUBLICIDADE -

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), pode se tornar réu nesta terça-feira, 2 de março. 

A 2ª Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) analisará os recursos dele e de parlamentares do PP contra uma denúncia.

O grupo em questão pertence ao chamado “quadrilhão do PP”, de acordo com a Procuradoria-Geral da República (PGR).

A denúncia aponta Lira e outros três deputados como responsáveis por prejuízo de cerca de R$ 30 bilhões na Petrobras

A ação da PGR garante que os envolvidos compõem uma “organização criminosa”.

O futuro de Lira, agora, está nas mãos do juiz Kassio Nunes, substituto de Celso de Mello na principal Corte do país.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -