Português   English   Español

STF só acabará com auxílio-moradia no Judiciário após aumento salarial

O fim do auxílio-moradia é uma das alternativas negociadas entre o governo e o STF para reduzir o impacto do reajuste salarial do Judiciário.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, relator de ações que tratam do auxílio-moradia, disse que os juízes não receberão o benefício cumulativamente caso o reajuste nos salários dos ministros da Corte seja sancionado pelo presidente Michel Temer.

O benefício, atualmente em R$4,3 mil mensais, foi garantido a todos os juízes do Brasil por meio de liminares (decisões provisórias) concedidas pelo próprio ministro em 2014.

“Os juízes não receberão cumulativamente recomposição e auxílio-moradia. Tão logo implementada a recomposição, o auxílio cairá”, afirmou. As declarações foram feitas pelo ministro na segunda-feira (12) à TV Globo.

 

Adaptado da fonte Poder360

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter