Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

STF torna políticos do Progressistas réus por organização criminosa

Tarciso Morais

Tarciso Morais

STF torna políticos do PP réus por organização criminosa
COMPARTILHE

Eduardo da Fonte, Arthur Lira, Aguinaldo Ribeiro e Ciro Nogueira são acusados de desviar dinheiro da Petrobras. 

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, nesta terça-feira (11), por 3 votos a 2, aceitar a denúncia do Ministério Público contra três deputados e um senador do partido Progressistas por organização criminosa.

Os quatro políticos são acusados de desviar dinheiro da estatal Petrobras em esquema investigado pela Operação Lava Jato.

Com a decisão do STF, os quatro políticos passam à condição de réus e responderão a uma ação penal. Todos os envolvidos negam as acusações.

Segundo o site G1, os seguintes políticos do PP viraram réus:

  • Eduardo da Fonte (PP-PE), deputado;
  • Arthur Lira (PP-AL), deputado;
  • Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), deputado;
  • Ciro Nogueira (PP-PI), senador.
- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram