Português   English   Español

STF torna políticos do Progressistas réus por organização criminosa

STF torna políticos do PP réus por organização criminosa
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Eduardo da Fonte, Arthur Lira, Aguinaldo Ribeiro e Ciro Nogueira são acusados de desviar dinheiro da Petrobras. 


A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, nesta terça-feira (11), por 3 votos a 2, aceitar a denúncia do Ministério Público contra três deputados e um senador do partido Progressistas por organização criminosa.

Os quatro políticos são acusados de desviar dinheiro da estatal Petrobras em esquema investigado pela Operação Lava Jato.

Com a decisão do STF, os quatro políticos passam à condição de réus e responderão a uma ação penal. Todos os envolvidos negam as acusações.

Segundo o site G1, os seguintes políticos do PP viraram réus:

  • Eduardo da Fonte (PP-PE), deputado;
  • Arthur Lira (PP-AL), deputado;
  • Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), deputado;
  • Ciro Nogueira (PP-PI), senador.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...