STF tranca ação sobre supostos repasses da Odebrecht a Aécio

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

A investigação foi instaurada em 2017, por ordem do ministro Edson Fachin, do STF.

A maioria da 2ª Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu trancar, nesta terça-feira (31), a ação penal contra o deputado federal Aécio Neves (PSDB-MG).

Aécio era acusado por supostamente ter recebido pagamentos indevidos da empreiteira Odebrecht, em 2014, por causa da candidatura à Presidência da República.

As informações foram divulgadas pela jornalista Thayná Schuquel, do site Metrópoles.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.