Português   English   Español
Português   English   Español

STF valida acordo para uso de fundo bilionário da Petrobras

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
STF valida acordo para uso de fundo bilionário da Petrobras

O acordo foi enviado para homologação do ministro Alexandre de Moraes.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, validou, nesta terça-feira (17), o acordo para utilização do fundo da Petrobras de cerca de R$ 2,6 bilhões.

O acordo foi assinado pelo governo federal, representantes de Câmara e Senado e da Procuradoria Geral da República (PGR).

De acordo com o site G1, Moraes validou a seguinte divisão para uso do fundo:

1) R$ 1.601.941.554,97 para educação, sendo:

  • R$ 1.001.941.554,97 para ações relacionadas à educação infantil;
  • R$ 250.000.000,00 para o Ministério da Cidadania, para ações relacionadas ao Programa Criança Feliz (desenvolvimento integral da Primeira Infância);
  • R$ 250.000.000,00 para o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, para ações de empreendedorismo e bolsas do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq);
  • R$ 100.000.000,00 para ações socioeducativas em cooperação com os Estados, preferencialmente por intermédio do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos.

2) R$ 1.060.000.000,00 para Amazônia (prevenção, fiscalização e combate a desmatamentos e incêndios), sendo:

  • R$ 630.000.000,00 para administração pela União de ações de operações de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) e outro institutos;
  • R$ 430.000.000,00 para execução pelos estados da Região amazônica.

Compartilhe...

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Veja também_

TELEGRAM

Acompanhe todas as notícias através do nosso canal no Telegram.

Comentários_

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.