STF vê o dedo de Onyx Lorenzoni na CPI Lava Toga

Português   English   Español
STF vê o dedo de Onyx Lorenzoni na CPI Lava Toga
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

O requerimento da CPI dos Tribunais Superiores foi protocolado no Senado Federal nesta quinta-feira (7).

Integrantes do Supremo Tribunal Federal (STF) estão enxergando as digitais do ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni (DEM), nos bastidores da CPI que pretende investigar o “ativismo judicial” de tribunais superiores do Brasil.

O parlamentar Alessandro Vieira (PPS-SE) já coletou as 27 assinaturas necessárias e, agora, o pedido para abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) passará por uma análise da Secretaria-Geral da Casa.

Para integrantes do STF ouvidos pelo Estadão sob a condição de anonimato, a “CPI Lava Toga” mira na verdade a Suprema Corte.

Ao apresentar o pedido de criação da CPI, o senador Alessandro Vieira apontou o “uso abusivo de pedidos de vista ou expedientes processuais para retardar ou inviabilizar decisões do plenário” e a “diferença abissal do lapso de tramitação de pedidos, a depender do interessado” – dois pontos que dizem respeito ao funcionamento interno da Corte.

SIGA A RENOVA

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

Veja também...