PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

STJ solta petista que tentou matar empresário em frente ao Instituto Lula

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) mandou soltar o ex-vereador Maninho do PT, que, em abril, agrediu violentamente um manifestante no dia em que foi decretada a prisão de Lula.

O ministro Jorge Mussi, do STJ, concedeu habeas corpus para a imediata soltura do ex-vereador Manoel Eduardo Marinho, de Diadema, e de seu filho, Leandro Eduardo Marinho, registra o “Estadão”.

Maninho e seu filho tiveram a prisão decretada após terem agredido o empresário Carlos Alberto Bettoni, na noite de 5 de abril, em frente ao Instituto Lula, em São Paulo.

Eles foram denunciados pelo Ministério Público por tentativa de homicídio por motivo torpe e cruel.

Após um chute, o empresário bateu a cabeça no para-choque de um caminhão e caiu na rua, conforme noticiou a Renova.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.