Português   English   Español

Substituta de Moro nega novo interrogatório a ex-gerente da Petrobras

Substituta de Moro nega novo interrogatório a ex-gerente da Petrobras

Após Moro deixar o comando da Lava Jato, advogados de Mauricio de Oliveira Guedes basearam pedido em artigo do Código de Processo Penal que diz que ‘o juiz de instrução deve ser o mesmo da sentença’.

A juíza federal Gabriela Hardt, que substitui Sergio Moro na condução dos casos da Operação Lava Jato, negou nesta terça-feira (6) a petição de um novo interrogatório para o ex-gerente da Petrobras Mauricio de Oliveira Guedes.

A defesa baseou o pedido no artigo 399 do Código de Processo Penal, que indica no segundo parágrafo que “o juiz que presidiu a instrução deverá proferir a sentença.”

Moro aceitou na última semana ser o ministro da Justiça no governo do presidente eleito Jair Bolsonaro e, com isso, deixou suas atribuições na Lava Jato.

O fato levou o advogado Bruno Rodrigues a enviar uma petição à 13ª Vara Federal de Curitiba nesta segunda-feira (5).

 

Adaptado da fonte Gazeta do Povo

Deixe seu comentário

Veja também...