PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Substituta de Moro nega novo interrogatório a ex-gerente da Petrobras

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Após Moro deixar o comando da Lava Jato, advogados de Mauricio de Oliveira Guedes basearam pedido em artigo do Código de Processo Penal que diz que ‘o juiz de instrução deve ser o mesmo da sentença’.

A juíza federal Gabriela Hardt, que substitui Sergio Moro na condução dos casos da Operação Lava Jato, negou nesta terça-feira (6) a petição de um novo interrogatório para o ex-gerente da Petrobras Mauricio de Oliveira Guedes.

A defesa baseou o pedido no artigo 399 do Código de Processo Penal, que indica no segundo parágrafo que “o juiz que presidiu a instrução deverá proferir a sentença.”

Moro aceitou na última semana ser o ministro da Justiça no governo do presidente eleito Jair Bolsonaro e, com isso, deixou suas atribuições na Lava Jato.

O fato levou o advogado Bruno Rodrigues a enviar uma petição à 13ª Vara Federal de Curitiba nesta segunda-feira (5).

 

Adaptado da fonte Gazeta do Povo
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.