Suécia abre os braços para assassino afegão por ‘razões humanitárias’

Idiomas:

Português   English   Español
Suécia abre os braços para assassino afegão por 'razões humanitárias'
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

O Tribunal de Migração da Suécia concedeu residência permanente a um imigrante ilegal com histórico de assassinato no Afeganistão.


O imigrante de 25 anos de idade se envolveu em uma disputa por terras e dinheiro com seu primo no Afeganistão. Ele o matou a pedradas.

O afegão então fugiu para o Irã, onde morava com sua família, mas temendo ser alvo de uma vingança, ele decidiu fugir do país com sua esposa e dois filhos.

Eventualmente terminando na Suécia, o afegão e sua família pediram asilo em 2015.

Siga a RENOVA no TWITTER e acompanhe todas as notícias em tempo real.

A Agência Sueca de Migração rejeitou o pedido, mas o Tribunal de Migração já reverteu a decisão e concedeu a residência permanente à família, ao considerar credível a narrativa de que existe uma ameaça para o imigrante ilegal em sua terra natal.

Dessa forma, mais uma vez, a Suécia envia uma mensagem clara aos criminosos de que o crime pode ser vantajoso caso eles estejam em busca de asilo no país.

 

Adaptado da fonte Aftonbladet

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

Veja também...