Suécia devolve US$ 1,5 milhão em Bitcoin para traficante de drogas

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

O estoque de criptomoedas do criminoso valorizou de forma grandiosa.

O governo da Suécia se viu na situação imprevista de pagar cerca de US$ 1,5 milhão em Bitcoin a um traficante de drogas condenado e, posteriormente, preso.

Dois anos atrás, o homem foi condenado em um tribunal sueco por ter obtido ilegalmente 36 bitcoins com a venda de drogas online. 

Na época, o tribunal julgou que o homem deveria ser despojado de seu Bitcoin ganho ilicitamente no valor de 1,3 milhão de coroas suecas — cerca de US$ 100 mil.

No período que se seguiu à condenação e prisão do homem, o seu estoque de criptomoedas havia se valorizado grandiosamente.

Tanto que a Autoridade de Execução Sueca, encarregada de leiloar os 36 Bitcoins, precisou vender apenas três para satisfazer as demandas do tribunal.

Dessa forma, sobram ainda 33 Bitcoins, no valor de cerca de US$ 1,5 milhão, que devem ser devolvidos legalmente ao traficante condenado, segundo o jornal britânico Telegraph.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.