- PUBLICIDADE -

Suécia sofre com o problema do casamento infantil

- PUBLICIDADE -

Uma discussão sobre como lidar com o casamento infantil entre os imigrantes tem inflamado o debate político antes da eleição geral na Suécia, onde a migração em massa continua a dividir a opinião pública.

Um cabo-de-guerra entre a coalizão do Partido Social-Democrata-Verde e a oposição sobre o papel do governo em administrar ou erradicar a prática – que afeta predominantemente garotas jovens e, em alguns casos, garotos de origem imigrante – é um fator emblemático de um disputa mais ampla: a luta para encontrar um equilíbrio entre os esforços para integrar um grande número de imigrantes e a preservação do modo de vida sueco.

Juno Blom, que está concorrendo ao Parlamento pelo Partido Liberal da oposição, disse:

A Suécia tem sido ruim em fornecer às pessoas que vêm aqui informações claras sobre como o sistema funciona, sobre as opiniões da sociedade acerca dos direitos das crianças, igualdade de gênero, políticas familiares e responsabilidades dos pais e responsáveis.

E acrescentou:

Enquanto insistimos que a Suécia protege os direitos das crianças e que promovemos uma abordagem centrada no bem-estar das crianças, permitimos que crianças de origem estrangeira vivam como mulheres casadas com homens mais velhos.

Embora a Suécia seja conhecida por seu compromisso com o bem-estar infantil, ela não está conseguindo estender essas mesmas proteções à população imigrante. Os opositores acusam o governo de ser excessivamente cauteloso, a fim de evitar ser visto como culturalmente insensível.

Jimmie Åkesson, líder dos Democratas da Suécia, declarou indignado:

Eu não sei o que há para pensar. É, francamente, totalmente doente que não se possa simplesmente dizer não a algo tão bizarro quanto a homens adultos recebendo o direito de casar com crianças.

 

Traduzido e adaptado de Politico
PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -