Suíça já devolveu ao Brasil R$ 1,4 bilhão relacionado à Lava Jato

Idiomas:

Português   English   Español
Suíça já devolveu ao Brasil R$ 1.4 bilhão relacionado à Lava Jato
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

A Procuradoria-Geral da Suíça investiga casos de corrupção envolvendo Petrobras e Odebrecht, ligados sobretudo a suspeitas de lavagem de dinheiro.


A Suíça afirmou nesta terça-feira (9) que devolveu ao Brasil em torno de 1,4 bilhão de reais de fundos confiscados durante uma investigação sobre práticas de corrupção envolvendo a Petrobras e a construtora Odebrecht.

Outros 2,7 bilhões de reais seguem bloqueados no país europeu.

O Escritório da Procuradoria-Geral suíça (OAG) afirma que desde abril de 2014 vem conduzindo inquéritos ligados à Operação Lava Jato, “primeiramente por suspeita de lavagem de dinheiro com agravante […] e em numerosos casos de suspeita de suborno de autoridades públicas estrangeiras”.

“Até o momento, em torno de 70 processos criminais estão pendentes”, afirmou a OAG, acrescentando que a série de casos era uma das mais complexas que a instituição já enfrentou.

A Suíça bloqueou grandes quantidades de dinheiro que estavam nos bancos do país, enquanto os promotores examinavam relatos de cerca de mil transações suspeitas associadas aos casos.

Em declaração nesta segunda-feira (8), o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, destacou o papel da Suíça para consolidação da Operação Lava Jato, como noticiou a RENOVA.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...