Português   English   Español
Português   English   Español

Super Tucano na parceria entre Embraer e Boeing

Super Tucano na parceria entre Embraer e Boeing
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

A afirmação foi feita nesta quinta-feira (14) pelo vice-presidente financeiro da Embraer, Nelson Salgado.

Avião militar brasileiro mais vendido no mundo, o Super Tucano da Embraer pode fazer parte da parceria da companhia com a Boeing na área de defesa.

As duas fabricantes já confirmaram a criação de uma joint-venture para promover e desenvolver novos mercados para o cargueiro multimissão KC-390.

Trata-se de um negócio paralelo à transferência do controle de 80% da área de aviação comercial da Embraer para a Boeing. Nessa empreitada, a empresa brasileira terá participação majoritária.

Em teleconferência com jornalistas, segundo o site AirWay, o presidente financeiro da Embraer, Nelson Salgado, afirmou:

“A parceria em defesa não está limitada ao KC-390. É o foco inicial da parceria…Não existe restrição para o Super Tucano não ser tratado pela Boeing [na parceria].”

O executivo da Embraer ainda disse que a fabricante planeja entregar 10 Super Tucano em 2019 e a primeira unidade do KC-390.

O primeiro cliente do cargueiro militar será a Força Aérea Brasileira, que encomendou um total de 28 aeronaves.

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
Share on reddit
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...