- PUBLICIDADE -

Suposto anel de Pôncio Pilatos encontrado perto de Jerusalém

- PUBLICIDADE -

Um anel com inscrições em bronze foi encontrado, 12 km de Jerusalém, no deserto da Judeia, durante uma escavação na década de 60.

Avanços tecnológicos permitiram que cientistas analisassem a inscrição no anel e encontrassem o nome de Pôncio Pilatos, governador da província romana da Judeia, que ordenou a crucificação de Jesus Cristo, de acordo com os evangelhos bíblicos.

Segundo o jornal israelense “The Times of Israel“, os cientistas conseguiram ler as inscrições através de um sistema de uma técnica especial de fotografia.

Os pesquisadores acreditam tratar-se de Pilatos, nome muito raro para aquela época.

“Não conheço nenhum outro Pilatos neste período, e o anel mostra que era uma pessoa de influência e de riqueza”, afirmou o historiador Danny Schwartz.

O anel é uma de muitas peças encontradas na fortaleza de Heródio durante a escavação arqueológica liderada pelo professor Gideon Forster, da Universidade Hebraica de Jerusalém.

Anel de Pôncio Pilatos encontrado perto de Jerusalém
Fortaleza de Heródio em Jerusalém, capital de Israel.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -