Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Supremo anula sentença de Moro que condenou ex-presidente da Petrobras

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Na prática, a decisão da Segunda Turma cria um novo entendimento sore a ordem de fala em alegações finais nos casos em que houver delação premiada.
COMPARTILHE

Bendine foi condenado 11 anos de prisão. Processo voltará à 1ª instância para nova sentença após decisão do STF.

A 2ª Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, nesta terça-feira (27), anular a sentença do ex-juiz Sergio Moro que condenou o ex-presidente da Petrobras, Aldemir Bendine, na Operação Lava Jato, no ano de 2018.

Bendine foi condenado por Moro a 11 anos de prisão pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro.

Agora, após a decisão da Corte, o processo dele voltará à primeira instância da Justiça para nova sentença, pois os ministros do STF alegaram que ele não foi ouvido na fase correta.

Na segunda instância, a condenação de Bendine foi mantida, mas reduzida para 7 anos, 9 meses e 10 dias de prisão. O processo não chegou a ser concluído, porém, porque ainda faltava a análise de um recurso.

Na prática, a decisão dos magistrados da Segunda Turma cria um novo entendimento sore a ordem de fala em alegações finais nos casos em que houver delação premiada.

A definição, porém, não derruba outros processos nos quais delatores se manifestaram no mesmo prazo dos delatados. Cada caso deverá ser analisado separadamente, informa o site G1.

- PUBLICIDADE -
Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM
Error: Embedded data could not be displayed.