Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Supremo autoriza Lula a ter acesso a acordo de leniência da Odebrecht

Pedidos de impeachment de ministros do STF parados no Senado
COMPARTILHE

Mendes e Lewandowski votaram a favor do pedido da defesa do líder petista.

A 2ª Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) garantiu ao ex-presidente e ex-presidiário, Lula da Silva (PT), o acesso parcial a um acordo de leniência firmado pela empreiteira Odebrecht com o Ministério Público Federal (MPF) no valor de R$ 3,8 bilhões.

Tomada nesta terça-feira (4), a decisão foi apoiada pelos ministros Gilmar Mendes e Ricardo Lewandowski, e rejeitada por Edson Fachin.

O inquérito apura envolvimento do ex-presidente em suposto esquema de favorecimento da Odebrecht em contratos com a estatal brasileira Petrobras.

Os advogados de Lula querem ter acesso aos termos do acordo antes de a Justiça validá-lo ou não.

Dessa forma, está reaberto o prazo para que Lula apresente suas alegações finais no processo, informa o jornal Poder360.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE