- PUBLICIDADE -

Supremo decide em setembro se Bolsonaro vira réu ou não

- PUBLICIDADE -

A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) deve julgar em 4 de setembro se o candidato do PSL ao Planalto, Jair Bolsonaro, vira ou não réu por racismo.

O relator do processo contra o deputado federal, ministro Marco Aurélio, o liberou para a pauta de votações.

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, denunciou Jair Bolsonaro em abril.

Segundo ela, o candidato “usou expressões de cunho discriminatório, incitando o ódio e atingindo diretamente vários grupos sociais” durante palestra no clube Hebraica, em São Paulo.

Se condenado, Bolsonaro poderá cumprir pena de reclusão de 1 a 3 anos. Raquel Dodge pede ainda o pagamento mínimo de R$ 400 mil por danos morais coletivos.

Ao STF, a defesa do parlamentar enfatizou que a denúncia é genérica e negou que no discurso tenha havido estímulo a práticas delituosas.

 

Adaptado da fonte Estadão
PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -