Supremo dos EUA mantém lei pró-vida do Texas

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Suprema Corte dos EUA mantém lei do Texas que proíbe maioria dos abortos.

A Suprema Corte dos Estados Unidos decidiu, na última quarta-feira (1º), manter a legislação do estado do Texas que proíbe abortos depois da sexta semana de gestação.

A medida entrou em vigor dias atrás, gerando revolta de organizações abortistas pelo país.

Por 5 votos a 4, os juízes negaram o recurso emergencial feito por entidades pró-aborto, que pedia que o Supremo impedisse a aplicação da lei.

A lei do Texas proíbe a realização do aborto depois que o batimento cardíaco fetal pode ser detectado, o que ocorre por volta da sexta semana de gestação.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.