Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Supremo mantém Geddel preso pelo bunker dos R$ 51 milhões

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Supremo mantém Geddel preso pelo bunker dos R$ 51 milhões
COMPARTILHE

No dinheiro localizado no bunker, agentes da Polícia Federal encontraram as digitais de Geddel.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, negou pedido da defesa do ex-ministro Geddel Vieira Lima para revogação de sua prisão preventiva.

Fachin também rejeitou domiciliar para Geddel, preso desde 8 de setembro de 2017, após a apreensão de R$ 51 milhões em dinheiro vivo em um apartamento em Salvador, capital da Bahia, no âmbito da Operação Tesouro Perdido.

A defesa pedia que o STF revogasse a prisão do ex-ministro dos governos petistas ou, subsidiariamente estabelecesse medidas alternativas.

Ao indeferir o pedido da defesa, Fachin indicou que a prisão preventiva de Geddel foi determinada “em função da gravidade das condutas atribuídas ao ex-ministro, dos robustos indicativos de propensão à reiteração delitiva e da inequívoca insuficiência de medidas cautelares alternativas para o resguardo da ordem pública”, informa o site UOL.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram