- PUBLICIDADE -

Suspeita de fraude na eleição da Bolívia a favor de Morales

Suspeita de fraude na eleição da Bolívia a favor de Morales
- PUBLICIDADE -

Opositor de Morales diz que governo boliviano está tentando “eliminar o caminho para o segundo turno”.

Uma crescente suspeita de fraude nos resultados eleitorais da Bolívia a favor do presidente Evo Morales ganhou força nesta segunda-feira (21).

Cidadãos bolivianos participaram de vigílias em torno de algumas sedes regionais dos tribunais eleitorais, que ainda não confirmaram se haverá um segundo turno.

Sem os dados dos votos das áreas rurais e do exterior, com os quais Morales conta para vencer no primeiro turno, o Órgão Eleitoral Plurinacional (OEP) ainda não atualizou os resultados preliminares.

Até o momento da interrupção da apresentação dos dados, na noite de domingo (21), Morales, que busca o quarto mandato consecutivo, tinha 45,28% contra 38,16% do opositor Carlos Mesa.

Até então, 84% dos votos já foram apurados, indicando assim tendência de um segundo turno em 15 de dezembro.

Nesta segunda-feira, Mesa denunciou a suposta intenção de Morales de “manipular”, através do Tribunal Supremo Eleitoral (TSE) o resultado das eleições e evitar o segundo turno.

“Quero, através dos meios de comunicação, denunciar sem nenhum tipo de matiz que o governo está tentando, através do Tribunal Supremo Eleitoral, eliminar o caminho para o segundo turno”, afirmou Mesa em coletiva de imprensa, segundo a agência AFP.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -