Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Suspensão de Ricardo Salles causa racha no partido Novo

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Suspensão de Ricardo Salles causa racha no partido Novo
COMPARTILHE

A suspensão de Salles valerá até o julgamento definitivo de denúncia apresentada à comissão de ética do partido.

O grupo Novo no Campo, ala da sigla ligada ao agronegócio, se posicionou publicamente contra a suspensão do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, da legenda.

O partido Novo é presidido por João Amoêdo, que concorreu à Presidência da República em 2018 e ficou em 5º lugar.

O Novo anunciou a suspensão temporária da filiação do ministro na última quinta-feira (31) por “risco de dano grave e de difícil reparação à imagem e reputação” da agremiação. 

Em manifesto enviado ao Diretório Nacional, o grupo Novo no Campo explicou que recebeu a notícia com “surpresa e indignação” e defendeu que a sigla seja mais transparente em relação aos fatos e à denúncia que levaram à suspensão de Salles, informa o site Poder360.

Na última sexta-feira, 1º de novembro, em entrevista ao programa Pânico, da rádio Jovem Pan, Salles teceu duras críticas contra Amoêdo.

“Você tem ali um presidente do partido que deixa a presidência para ser candidato, não se elege e depois volta para a presidência do partido novamente. Vai querer ser candidato de novo”, disse Salles.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram